TOP 5: Razões para eu botar fé na NIBRIS

NIBRIS LogoQuase no fim do ano passado, as pessoas que costumam visitar sites de games e se informar sobre o assunto tiveram um tópico a mais para debater. Aparecia — praticamente do nada — uma nova produtora de games, chamada Nibris, fazendo um barulho considerável.

Enquanto que inicialmente ela foi notada mais pela sua declaração "cabeça-dura" de que só faria games para as plataformas da Nintendo, hoje muitos olham com atenção redobrada para os passos dessa desconhecida empresa fincada em algum confim da Polônia. E algumas das razões pelas quais eu presto atenção na Nibris vão formar, agora, a primeiríssima lista do 16-BIT.

1. Ela sabe o que quer.

Segundo o site oficial da produtora (que é muito bom e vale uma conferida), "nós apoiamos apenas os consoles da empresa que trouxe os games à vida – a Nintendo. Não porque somos fãs cegos, mas porque os caminhos e a filosofia adotada por esta empresa são as que melhor servem aos nossos propósitos." E com esse discurso, ela espera conquistar a base de fãs da Nintendo, assim como um lugar no seleto rol das second-parties da empresa. O caminho para isso tem se mostrado bastante árduo (ela começou o deselvolvimento dos seus games trabalhando em uma versão para PC, pois ainda não havia conseguido um kit de desenvolvimento do Wii), mas eu diria que ela está num bom caminho. Até porque…

2. Ela é diferente.

É fácil pensar que uma empresa que se auto-proclama admiradora exclusiva da Nintendo e planeja fazer jogos apenas para os consoles dela tenha em seus planos uma mão cheia de joguinhos coloridos e felizes à lá Pikmin ou Animal Crossing. No entando, os dois jogos atualmente em produção pela Nibris (Raid Over The River e Sadness) seguem uma temática e um feeling muito mais adultos do que grande parte dos jogos dos outros consoles. Já foi inclusive anunciado que o enredo de Sadness (Wii) vai ter até alguma relação com…

3. Esquizofrenia e Narcolepsia.

Ainda de acordo com o site oficial, "Essa atmosfera de horror gótico não é o seu game de ação. Se você está esperando por tiros, litros de sangue e pilhas de corpos, você infelizmente não vai encontrar aqui. Nós estamos preparando um clima que não vai deixar você até o último minuto do jogo. Um panorama irregular erguido sobre questões como narcolepsia e esquizofrenia." Definitivamente, não é uma produtora convencional aquela que resolve basear o enredo de um jogo em temas tão "profundos". A atmosfera de Sadness promete ser mais pesada do que qualquer outro jogo já presenciado pela maioria dos jogadores de videogame. E isso é só a metade do pacote, já que mais um aspecto do "clima" do jogo também foi anunciado:

4. Sadness será um grande game em preto-e-branco.

Em uma era de alta-definição, onde a imagem parece ser o centro das atenções em qualquer game que se preze, a Nibris anuncia que Sadness está sendo feito totalmente em preto e branco, sem cores. E não, não será um preto-e-branco estilo Sin City, nem nada minimamente parecido. Segundo a produtora, o jogo se passa em uma era pré-Primeira Guerra Mundial e, sendo assim, foi decidido que os gráficos do jogo fariam referência e seriam uma espécie de homenagem ao cinema dessa época. Por isso a escolha. Além, é claro, da grande contribuição que a falta de cores trará para a construção do sentimento de medo e angústia no jogador. Parece que eles querem mesmo é nos deixar de cabelo em pé, assim como (tentam) muitos filmes de terror de Hollywood. E por falar nisso…

5. Ela recebeu uma proposta de filmagem antes de mostrar as primeiras imagens do jogo.

Parece que não são só os gamers que estão botando fé no trabalho da Nibris em Sadness. A empresa já foi contatada por um estúdio de Hollywood (não se sabe ainda qual seria este estúdio) para vender os direitos de filmagem do game, antes mesmo que qualquer pessoa tenha uma noção mais concreta de como o jogo se parece ou é de verdade. Isso é mais uma prova de que, de fato, que o jogo tem um enorme potencial, principalmente em seu enredo. Porém, a própria produtora garantiu que as negociações ainda não foram concluídas, por isso ainda não é certa a aparição de Sadness nos cinemas, e que, mesmo que se confirmem, o filme não será produzido antes do jogo ter feito dois anos nas prateleiras. Ou seja, antes de 2009.

———————

Enquanto só nos resta esperar até a E3 na próxima semana para sabermos mais sobre os mistérios de Sadness/Nibris, por enquanto fiquem com essa imagem divulgada recentemente por eles. Não se sabe se é arte conceitual, imagem in-game ou CG (ou alguma outra coisa), mas dá pra sacar que esse game vai dar…

Sadness Concept Art
medo.

9 Responses to “TOP 5: Razões para eu botar fé na NIBRIS”


  1. 2 Puma88 segunda-feira, 01/05/2006 às 7:14 pm

    Uma produtora excêntrica e seus jogos excêntricos.

    Uau… Que façam bom proveito, porque eu não poderia ligar menos.

  2. 3 CarlosRod segunda-feira, 01/05/2006 às 8:36 pm

    Tô achando muito legal a proposta desse Sadness. Pelas artworks e conceito do jogo, dá pra esperar uma coisa bem impressionante e perturbadora. A produtora tem mostrado competência na demonstração de seu material até agora, mas torço para que não seja mais uma daquelas que falam, falam, e quando o jogo sai mesmo, acaba sendo nada. Mas também tô botando fé nessa Nibris.

  3. 4 Fábio Barros terça-feira, 02/05/2006 às 9:26 am

    CarlosRod, infelizmente essa é uma possibilidade que existe mesmo. Enquanto o jogo não sair e ser avaliado pela imprensa especializada (e pelos jogadores, claro) sempre há a possibilidade de ser só um monte de papo furado que prometia muito e acabou não entregando nada. Mas, assim como muita gente, eu boto fé.

  4. 5 Raven Lord terça-feira, 02/05/2006 às 1:25 pm

    Pela proposta este Sadness parece muito bom, excelente. As artes e música tema liberada também estão muito boas.
    Mas… estou com um pé atras. É uma empresa pequena iniciante. Prefiro esperar a criar muita espectativa.

  5. 6 Thiago Duarte terça-feira, 02/05/2006 às 1:53 pm

    Cool! Esse jogo vai ser animal! E a trilha sonora é muito boa!

  6. 7 wesfernd quarta-feira, 17/05/2006 às 11:30 am

    Parabns pelo texto.

    Eu realmente acho q esses caras vao dar o que falar, assim como foi com a Retro q fez um trabalho maravilhoso com o Metroid, creio q a Nibris sera uma second que ira contribuir muito com o mercado de games e principalmente com a Nintendo.

  7. 8 Max terça-feira, 14/08/2007 às 9:58 am

    Eu me lembro de Red Steel, que deixou todo mundo empolgado, com a possibilidade de ”lutar” com uma espada, e no fim acabou decepcionando, pq a empresa (UBI) teimava em mostrar uma coisa, quando na verdade era totalmente o contrario… fizeram um marketing pesado, com videos e modelos jogando, como se fosse um game perfeito, onde vc teria total liberade, e no fim, todos, ou pelo menos todos que ja jogaram, sabem que Red Steel eh decepcionante… mas mesmo assim, nao quero comparar um com o outro, Sadness realmente parece promissor, ate demais, por isso eh bom manter as expectativas baixas, pq se vier uma bomba, pelo menos a decepcao nao sera tao grande…


  1. 1 Nibris atualiza o seu site para tentar provar que existe - Continue » Trackback em quinta-feira, 03/07/2008 às 7:15 pm

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




Fabio Bracht's Facebook profile

Meus Outros Blogs

Add to Technorati Favorites



Browse Happy logo


%d blogueiros gostam disto: