Falta jogar, e muito – Fabio Edition

ps2-kingdom-hearts-us.jpg

[ATUALIZAÇÃO] Olha que legal: o Vinícius do Oitobits leu, achou legal e resolveu fazer também um texto da série “Falta jogar”. O dele incluiu jogos de DS (que eu acabei esquecendo, mas acabei de incluir também). Se você está lendo e tem um blog de que games, que tal entrar na brincadeira? É só escrever o post e certificar-se de colocar links para quem já escreveu um também. Afinal, o que pode ser melhor para um bando de gamemaníacos se conhecer melhor do que falando sobre os jogos que ainda querem jogar? Já rendeu bons papos entre os que já postaram.

[POST ORIGINAL] A exemplo dos meus caros e admirados amigos e colegas Claudio Prandoni e Gustavo Hitzschikkicky (dois dos resposáveis pela Continue, se você lembra), e como forma de fazer uma publicidade mais do que merecida ao blog novo deles (que já começa com um ótimo nome: Hadouken), publico aqui a minha contribuição à já intergalacticamente famosa série de posts “Falta jogar, e muito”.

Agora chega de falar difícil. O que vocês verão agora, e quando clicarem nos primeiros dois links desse texto, é uma lista que todos nós, gamers, temos na cabeça, sem exceção. Os games que a gente ainda quer jogar e deixou pra trás. Nessa época de consoles novos entrando no mercado, relembrar os bons games que a gente ainda não jogou é uma boa forma de se conformar por não ter grana pra pegar nenhum console “muderno”. Então lá vai a minha lista dos jogos de PS2/GameCube que eu ainda tenho que jogar (sem contar ICO, que estaria nessa lista se eu já não estivesse jogando [e que será tema de um dos dois próximos textos desse blog]) em ordem mais ou menos de preferência:

[PS2]

Psychonauts
Um dia eu estava de visita em um dos meus sites de games preferidos daquela época, o Moz La Punk, e vi uma espécie de selo na lateral, com uma espécie de campanha para fazer justiça a um game muito bom que não estava recebendo a atenção merecida da mídia (se fôssemos fazer uma campanha para cada jogo que sofre disso…). Não cliquei no selo, não li o texto da campanha, mas fiquei com o nome do jogo na cabeça: Psychonauts. Bastante tempo depois, vi o jogo na minha frente e resolvi pegar pra ver do que se tratava. O que aconteceu foi que eu conheci um jogo com a dublagem excelente, um enredo altamente original e diálogos memoráveis, mas o trabalho me atropelou e eu tive que parar o jogo ainda bem no início. Preciso voltar a jogar.

Kingom Hearts II
Na verdade, a única coisa que me impede de jogar KHII é o fato de que ainda não consegui botar as mãos no Chain of Memories, do GBA (que, pra quem não sabe, pode ser considerado o Kingdom Hearts 1.5). No entanto, é só questão de tempo até que eu arrume esse aí também. O problema é justamente tempo: dos jogos que eu tenho “na fila”, KHII (mais o Chain of Memories) é facilmente o que vai me exigir mais tempo. E isso acaba empurrando ele mais para trás na fila, para dar espaço para aqueles que acabam mais rápido.

Silent Hill 2 (e 3, e 4)
Silent Hill foi, sem muita dúvida, a minha melhor experiência com um PS1. Eu não joguei Final Fantasy VII na época (joguei anos mais tarde e não achei nada daquilo que dizem), nem joguei os Resident Evil (nunca gostei de histórias com zumbis e vampiros — razão pela qual também não curto tanto Castlevania), nem a maioria dos grandes sucessos do primeiro console da Sony. Mas o Silent Hill eu joguei, de madrugada, exatamente como deve ser, e foi uma experiência que eu não consigo esquecer. Por isso já demorou demais pra eu pegar a(s) sequência(s) dessa obra-prima. Todo mundo fala que não são tão boas quanto o primeiro, mas eu quero ver por mim mesmo.

Resident Evil 4
Como disse, eu não joguei os três primeiros Resident Evil mais do que alguns minutos. Nunca fui muito fã de zumbis ou de filmes de terror em geral, e também não gostava daquela jogabilidade travada da série. Mas o quarto episódio dela foi tão elogiado que eu definitivamente quero dar uma chance. O problema é o mesmo do Kingdom Hearts II: todo mundo concorda que o jogo é obrigatório, mas sempre acrescentam que é grande pra caramba. Nesse caso, não tão bom.

Gitaroo Man
Confesso que não sei muito sobre esse game. Na verdade, não sei quase nada. Mas sei que ele pode ser descrito com a palavra “bizarro”, e isso já seria motivo suficiente para eu querer experimentar. Sem contar que nomes influentes no meu círculo social (nada a ver com Orkut) como Ricardo “Shaaman” Farah e Gilsomar “Outer Heaven/Genome Soldier do VGL” Livramento já me recomendaram. As comparações com Guitar Hero (embora eu não tenha dúvida de que sejam games completamente diferentes) também contrubuíram para a minha curiosidade.

Viewtiful Joe (e 2)
Esse é outro que eu nem faço muita idéia de como é. Mas quando eu comprei o PS2 e perguntei pro Fabão “qual jogo, tirando os óbvios, que eu não posso deixar de jogar no meu videogame novo?”, ele pensou um pouquinho e disse “Viewtiful Joe”. Então tá.

We Love Katamari
Já terminei o primeiro e meus desejos de rolar coisas ainda não foram saciados. E eu não quero perder a oportunidade de ouvir mais daquelas músicas anormais.

Okami
Não sei o que acontece, mas esse jogo me dá muita preguiça. Ele é ótimo, tem uma jogabilidade incrível, tem personalidade, tem tudo que eu gosto num game. E eu até já joguei ele bastante (acho que tô com umas 10 horas de jogo), mas, sei lá, parece que a história não anda… Pra falar a a verdade, eu acho que esse é um dos motivos pra eu não estar empolgado pra continuar jogando: a história não me “pegou”. Eu não tenho curiosidade em saber o que acontece depois. Mas mesmo assim eu ainda quero terminar, uma hora dessas.

Destroy All Humans! 2
O primeiro eu passo, já que o segundo é bom pelos dois.

Final Fantasy XII
Um dia, quem sabe, eu jogue Final Fantasy XII. Mas, se acontecer, vai demorar. Eu simplesmente não consigo me sentir tão atraído a essa série. O que é até bom, já que, se eu fosse fã, provavelmente estaria comprometido com esse looooongo game e os outros iriam ficar ainda mais tempo esperando na fila.

God of War II
O primeiro eu já terminei e foi um grande game, em vários sentidos. A sequência dele só está em último na ordem porque ainda não foi lançada, mas tem grandes chances de furar a fila malandramente quando der as caras.

[GameCube]

Metroid Prime 1 e 2
Eu só não comprei um GameCube porque descobri que o Wii seria totalmente compatível, mas, se não fosse por isso, eu teria comprado. E, se eu tivesse comprado, seria 90% por causa desse game. Esse game que me fez parar de comprar a Nintendo World na época do lançamento dele (longa história, talvez um dia eu conte), esse game que é um dos maiores remorsos da minha vida gamer. De todos os dessa lista, provavelmente é o único que eu sinto vergonha de não ter jogado nem um pouco. Ainda bem que o meu Wii chega logo (espero) e que o GD já tá na gaveta, só esperando.

The Legend of Zelda: Wind Waker
Eu sou fã de Zelda e nunca joguei WW. Não há nenhum motivo que seja relevante o suficiente para se comparar a esse.

Pikmin
A criatividade de Miyamoto fora das séries principais da Nintendo pode ser sentida nessa “série” de dois jogos. Ao contrário da maioria dos jogos de GameCube, eu pude dar uma jogada em Pikmin, e isso só me faz ter mais vontade ainda de passar mais tempo com esses vegetais simpáticos. Nossa, que frase estranha.

Super Mario Sunshine
Assim como sou fã de Zelda, eu também sou fã de Mario. Mas, com o Galaxy chegando aí, acho que vai ser um tanto difícil fazer o downgrade e jogar a aventura anterior do encanador. Ainda mais que ela é indiscutivelmente uma das menos aclamadas pela crítica e uma das menos lembradas pelos fãs. Mas ainda assim é Mario, e ainda assim eu quero experimentar.

[Nintendo DS]

Nintendogs
Não tem muitos jogos de DS que eu poderia incluir nessa lista, porque felizmente eu tive a oportunidade de jogar a grande maioria daqueles que eu realmente queria. Mas Nintendogs não é um desses. O que é engraçado, porque era um dos jogos que eu tinha mais certeza de que eu iria não só jogar, como também comprar, já que a minha namorada é fissurada por cães. Mais fissurada do que a média das namoradas por aí, porque a maioria delas são também. Enfim, esse está há um tempão na minha lista de compras. Se você tiver um para vender, e não quiser me enfiar a faca, vamos negociar.

Yoshi’s Island DS
Deus sabe o quanto eu joguei Yoshi’s Island no SNES, no emulador, no GBA… E quantas vezes eu terminei, com todas as fases abertas. Aquele foi o o melhor jogo de plataforma 2D já concebido pela mente humana, e este, apesar de não chegar nem perto da genialidade do antecessor, merece ser jogado até o fim e fazer parte da minha coleção.
WarioWare: Touched!
Todo mundo fala que esse é o “menos bom” da série, e eu acredito. Mas é o único que existe para DS, e, em se tratando de WarioWare, mesmo o menos bom deve ser um baita jogo.

Pokémon Pearl
Eu sei que este também não foi lançado ainda, mas ele entra aqui por um bom motivo: depois do novo Zelda, é o jogo que eu mais estou ansioso para jogar. Quando ele for lançado, pode ter certeza que eu comprarei o meu (portanto, comprem o Diamond!) e aí já era. Todos os meus outros jogos de DS vão amargar vários meses de inutilidade. Os resultados serão devastadores. Até mesmo este blog, que não tem nada a ver com a história, pode subitamente deixar de receber atualizações. Pokémon é foda. Quem joga, sabe.
Sprung
Hahaha, fala sério.

— — — — —

É foda, mas eu percebi que não tenho absolutamente nenhum controle sobre o que eu vou postar aqui no 16-BIT. Esse blog é um demônio com vida própria, é tudo que eu tenho a dizer. Eu tinha dois textos brigando dentro da minha cabeça pelo direito de ser o próximo a entrar aqui, aí chega um terceiro, passa uma rasteira nos dois e entra aqui. Mas tudo bem, foi um texto bacana. Ainda no espírito “resoluções de ano novo”, o qual eu nem encarnei esse ano. Não tente entender.

27 Responses to “Falta jogar, e muito – Fabio Edition”


  1. 1 Gustavo Hitzschky sexta-feira, 12/01/2007 às 3:07 pm

    Ae, Fabito, alguns comentários a fazer.

    O Claudio me falou que o Chain of Memories nem é tão necessário assim para vc entender o fio da meada na continuação da história. Eu também só joguei o primeiro e estou na expectativa de jogar o segundo, mas dificilmente vou experimentar o Chain.

    “joguei anos mais tarde e não achei nada daquilo que dizem”, foi o seu comentário sobre Final VII. Cá entre nós, eu penso mais ou menos da mesma forma, mas tome muito cuidado para que certas pessoas não leiam isso…

    E com relação ao Okami, serei obrigado a fritar o seu cérebro e servir no churras do Hadouken, heheheh. Na verdade, aquele começo do Okami é um tanto sonolento mesmo, mas insista, velho…vai valer a pena, pode cobrar depois.

  2. 2 Fabio Bracht sexta-feira, 12/01/2007 às 3:50 pm

    Ah, mais tu não tem noção do quanto eu virei fã de Kingdom Hearts. Eu sei que, se eu quiser, posso jogar o 2 tranquilo, sem passar pelo Chain of Memories. Mas é que eu quero, faço questão.

    Sobre o Okami, esse teu comentário me ajudou a criar mais coragem pra vencer a preguiça. Depois eu pegue o Okami depois que terminar o ICO. Nem que seja só por descargo de consciência.

  3. 3 cprandoni sexta-feira, 12/01/2007 às 4:20 pm

    Reitero aqui o que o Hitzman comentou: realmente não é necessário jogar o Chain of Memories pra aproveitar o KH II. Dá pra considerar o CoM como uma espécie de spin-off, uma história paralela somente.

    Contudo, jogando ele dá aproveitar 100% do KH II. Ou quase, já que o final secreto dele é uma das coisas mais misteriosas que eu já vi depois da chave de gelo do Banjo-Kazooie.

    Quanto a Final Fantasy, prefiro não comentar. Ainda que aquela história de bruxas, fusão do tempo e viagem pro espaço do FF VIII não tem nada a ver.

    Falow!

  4. 4 cprandoni sexta-feira, 12/01/2007 às 4:25 pm

    Li de novo e, após pertinente apontamento do Fabito, achei meio confuso o que escrevi. Só pra deixar claro, me refiro ao final secreto do KH II, não do Chain of Memories.

  5. 5 Gil "Outer Heaven" sexta-feira, 12/01/2007 às 7:16 pm

    Fabinho, quanto ao Chain of Memories, ignora por enquanto e pega o Kingdom Hearts II Final Mix+ que será lançado para o PS2 (ele virá com um remake de Chain of Memories totalmente 3D!)…. bom, se o jogo estiver em japonês (com legendas em inglês), aí é um caso a se pensar em pegar a versão no portátil da Nintendo.^^’ Eu tava pensando em deixar esses jogos “grandes” para mais tarde, mas simplesmente não dá. Sou hardcore demais para isso uahahaha

    Disgaea 2 – leval atual do personagem principal: na faixa dos 8.000. Mais alguns meses evoluindo e quem sabe eu consiga desferir aquele lendário 1 hit de milhares de danos… em quem sabe eu não consiga vencer os chefes secreto ultra-apelões do Dark World (no HP de alguns está escrito “Você não pode derrotar” u_u nem aparece o valo para não humilhar… haha)

    Valkirye Profile 2: Silmeria – eu to terminando de ajustar o texto, mas também pretendo testar os esquemas de causar 7.000.000,00 de dano, evoluindo alguns personagens (para isso ternho que terminar alguma vezes ^^’)

    Bom, acho que você o Shaman, eu e muitos outros que jogam a longo prazo devem guardar os jogos e videogames para jogar quando se aposentar^^’ uahahah abraço, see ya!

  6. 6 Lucas Patricio sexta-feira, 12/01/2007 às 8:24 pm

    Hum, muito legal esse seu post Fabio, porque tem mta gente que critica quem compra um PS2 agora e tudo mais, mas se agente parar pra pensar no numero ENORME de titulos incriveis que o console tem, é dificil não recomendar a compra.

    Claro que ter um VG de nova geração é um capricho para poucos, porem eu acredito que quem gosta simplesmente d ebons jogos pode encontrar diversão no PS2, no Xbox360, no GBA, Snes, e etc.

    Sobre o assunto que vc comentou no seu ultimo post sobre espaço diferente entre midias como internet e revista, eu sei bem como é. na televisão a coisa é de uma outra forma, além de ter que ser direto, vc ainda precisa prender o que fala a imagens e informar o suficiente em 3, 3:30 minutos de matéria.Tambem não é facil^^’ hehee

    cara, grande abraço pra ti😉

  7. 7 Lef sábado, 13/01/2007 às 1:11 am

    *Pára de ler o texto no meio e desce a página direto para o campo de texto*

    Putz Fabio, achei que eu fosse o único sem motivação a “progredir” em Okami. Para falar a verdade, eu nem me lembro que diabos de história é aquela, e nem sei se é por isso que eu não quero mais jogar, mas apesar do jogo ser insenamente bom e característico, e de eu ter imenso interesse no folclore japonês, prefiro jogar (quase) qualquer coisa à Okami.

    Claro que o Twilight Princess agora em cima da minha mesa não ajuda muito, mas…

  8. 8 Lef sábado, 13/01/2007 às 1:15 am

    Double combo post…

    Fabio, tome vergonha na cara e jogue Metroid Prime. Sério, roube o GameCube de alguém, parcele em 12x sem juros nas casas Bahia e depois revenda, mas vale a pena. Ah, e a NGM tá vendendo o Wii, um pouquinho mais caro que o da Pri, mas depois você dá uma olhada lá.

    E Super Mario Sunshine é excelente! Pode não ser um Mario 64, mas diverte bastante.

  9. 9 Carlos Rod sábado, 13/01/2007 às 9:07 pm

    Pra mim, acho que o único AAA do Cube que falta jogar é o Metroid Prime 2. Mas estarei em breve providenciando isso…
    Do PS2, tem realmente muita coisa legal que preciso conhecer nesse console, como Katamari Damacy (só vi a abertura e a música e já rachei de rir!).
    E do DS, falta tudo também porque ainda não tenho o portátil… mas também estarei providenciando isso logo

    Mas vá jogar Pikmin! Quem não gosta de Pikmin, bom sujeito não é! E Mario Sunshine é muito bom, mesmo. Tem algumas características que nenhum fã de Mario deveria perder. Outro excelente dessa geração é o Paper, que apesar do estilo mais RPG, é um Mario tão verdadeiro e autêntico quanto qualquer outro (e engraçado pacas).

  10. 10 Grigio domingo, 14/01/2007 às 9:42 pm

    A minha lista é simples: Todos os mais legais do Cubo, que agora poderei jogar! ='(

  11. 11 Gilberto Tensai terça-feira, 16/01/2007 às 3:28 pm

    Nossa cara ,que post legal
    Sempre tenho acompanhado seu blog mas só agora deu coragem de postar rsrsrs
    Gostei bastante tambem do Blog do Continue, bem legal

    Da para jogar KH2 sem o CoM, eu até tentei jogar o do GBA mas o sitema de cartas não copera em nada… vamos ver s eno Final Mix + melhora um pouco.

    falow

  12. 12 Fabio Bracht quarta-feira, 17/01/2007 às 5:19 pm

    Valu, Gilberto! Pode voltar sempre! =)

  13. 13 Lucas Patricio quarta-feira, 17/01/2007 às 7:56 pm

    Fabio, tu podia dar um apoio pro projeto do WiiTV qualquer dia que vc esteja sem criatividade pra postar, aUHAuahuHA^^’
    Vc ja viu o WiiTV né? Ve o dessa semana aqui: http://www.wii-brasil.com/?sub=lercoluna&id=105

    abraços!

  14. 14 manipulacoes terça-feira, 23/01/2007 às 10:13 am

    jogos de pc não tem nenhum na lista?

  15. 15 Fabio Bracht terça-feira, 23/01/2007 às 10:42 am

    O único jogo de PC que eu realmente queria jogar era o Sam & Max – Culture Shock. E esse eu já terminei. Se fosse colocar, seriam os próximos episódios deles… fora isso, eu não sou um gamer de PC, basicamente porque eu não curto os dois gêneros que são melhor explorados no teclado-e-mouse: Tiro em Primeira Pessoa (FPS) e Estratégia em Tempo Real (RTS).

  16. 17 mauricio quinta-feira, 02/08/2007 às 11:36 pm

    quero fazer o minha conta para entrar

  17. 19 Anônimo quinta-feira, 09/08/2007 às 2:13 pm

    eu ja joguei Final fantasy
    Pow e muitoo bom esse jogo
    mais eu perdi o Site…
    + se eu conseguieu do o Site^^
    Bjsssss^^

  18. 20 LUIS terça-feira, 09/10/2007 às 8:22 pm

    ESPERA AI DEIXA EU PENSAR EEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEE, DAHORA!!!

  19. 21 Anônimo quinta-feira, 30/10/2008 às 10:03 am

    eu quero ver filme

  20. 22 fabiogay sexta-feira, 05/06/2009 às 10:07 pm

    Você critica RE4 pelos gráfico e tal e gosta de pokemon que é lixo que tem grafico pior que a bunda do meu cachorro imprimindo na impressora ainda não da pra fala nada dele pq ele vale mt mais q esse pokemon..se vc num acha graça é pq vc é uma bixona…sabe-se!

  21. 23 fabiogay sexta-feira, 05/06/2009 às 10:09 pm

    cadÊ a biba graça do pokemon? seu bixona viadinho affffffffffffffffffffffffffffffffffffffffff vai da a bundaaaaaaaaaaa fabio gaaaaaaaaaaaaaaaaaaayyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyy eu sooooooooo gooooooostooooooooooooossaooooooooo seu ottttarrrrrrrrriiiiiiiooooooooooooooo vaiiiiiii seeeeeeeeeee fuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuder ssssssssssssssssseeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeu asdiajsduiahsduiadhas lllol kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkksadahdiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiisuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuu

    nooooooooob _l_

  22. 24 fabiogay sexta-feira, 05/06/2009 às 10:10 pm

    seu … vai la pra baxo

    aew masu um apookok

    seeeeeeeeeeeeeuuuuuuuuuuuuuuuu adivinha?

    gayyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyy

    e eu?

    so ?

    gostosao

    te fodo dps blz

  23. 25 fabiogay sexta-feira, 05/06/2009 às 10:11 pm

    vai joga mu se critica toma no rabo
    rabo hahah semelhante o nome do seu cachorro rambo asiudiasaddaaaaa


  1. 1 Falta jogar | Oitobits Trackback em sexta-feira, 12/01/2007 às 6:45 pm
  2. 2 Cadê a Dona Graça no Resident Evil 4? « 16-BIT Trackback em quinta-feira, 15/11/2007 às 8:21 pm

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




Fabio Bracht's Facebook profile

Meus Outros Blogs

Add to Technorati Favorites



Browse Happy logo


%d blogueiros gostam disto: