Negócio da China! Bem… não exatamente de lá.

Li hoje no GoNintendo que um fenômeno curioso vem acontecendo em Pokémon Diamond & Pearl: os japoneses, que já têm os jogos há meses, aparentemente não se contentam em colecionar todos as quase 400 criaturas, mas também querem tê-las em suas versões “ocidentais”. A procura por Pokémons com nomes americanos está ridícula, e os japoneses estão trocando criaturas de nível altíssimo por qualquer porcariazinha que você captura antes mesmo de ganhar uma ou duas insígnias!

As trocas são feitas usando uma das melhores novidades desses dois novos jogos: o Global Trade Station. É um estabelecimento que fica em uma cidade (não consigo ser mais específico que isso, não joguei ainda!) e onde você pode entrar e cadastrar um Pokémon que não quer mais, pedindo algum outro em troca. Feito o cadastro, você pode ir fazer qualquer outra coisa, dentro ou fora do jogo, já que essa informação fica nos servidores da Nintendo. Se alguém de qualquer lugar do mundo estiver procurando aquele Pokémon e quiser trocar com você, o seu novo Pokémon ficará no servidor, só esperando que você volte a jogar para ser entregue a você.

Ah, e o meu Diamond que não chega nunca! ò.ó

.

27 Responses to “Negócio da China! Bem… não exatamente de lá.”


  1. 3 Rodrigo Budrush quinta-feira, 26/04/2007 às 2:44 pm

    AAAAAArgh!!! Minhas mensagens tão indo pro teu anti-spam!!!

  2. 4 Fabio Bracht quinta-feira, 26/04/2007 às 5:38 pm

    Não tão não. Eu vi as duas aqui.

    Só cai no anti-spam se tiver muitos links, pelo que eu sei.

  3. 5 Fabio Bracht quinta-feira, 26/04/2007 às 5:40 pm

    Maurilink, realmente, quem acha que Pokémon (o jogo) é coisa de criança, é porque não conhece. Com a visibilidade que o Pikachu e o desenho animado (esse sim direcionado ao público infantil) ganharam, é até previsível isso.

    Mas o jogo é super complexo, qualquer um que conhece concorda. Mal posso esperar pelo meu.

  4. 6 Rodrigo Budrush quinta-feira, 26/04/2007 às 5:58 pm

    Fábio, dá uma olhada no teu anti-spam que deve estar cheio de mensagem minha. Preciso saber se você pode me ajudar!

  5. 7 Lucas Comitre Martinez quinta-feira, 26/04/2007 às 9:21 pm

    Eu já acho isso uma coisa que afasta um pouco os jogadores.
    Parei de jogar pok´meon durante alguns anos e depois, na mesma geração (metálica, pra GBC) tinha aparecido umas viagens de pontos escondidos que todos os pokémons tinham (acho que effots e mais outros).
    Ficava MUITO complexo! O treinamento, o jeito que ele nasce, quem são os pais, as características deles. Nossa! Só pra jogador harcore mesmo…
    Acho que isso afastou muitos jogadores. Eu cheguei até a jogar a geração seguinte, mas foi totalmente sem compromisso.
    Mesmo divertindo pra caramba os jogadores no modo single player, a graça do jogo é mesmo as batalhas multiplayer mesmo, os campeonatos e tudo mais. Nesse ponto acho que Pokémon pisou na bola, afinal a cada gferação que passa fica mais complicado afastando os jogadores casuais.

    Mas a aventura principal continua divewrtindo como sempre! =P
    (Ah…saudades do Stadium e do Transfer Pack…)

  6. 8 Bicho do Mato sexta-feira, 27/04/2007 às 9:51 am

    Orra, assim vou ter que comprar um DS.

  7. 9 Fabio Bracht sexta-feira, 27/04/2007 às 10:52 am

    AH, Lucas… o sistema de efforts não era nada complicado, vá. Fazer level era igual, a única diferença é que cada Pokémon que tu derrotava te dava um bônus um pouquinho maior em uma característica específica. Por exemplo, se tu queria acentuar a defesa do teu Pokémon, era só descobrir quais Pokémons tinham effort em defesa e tentar derrotar só esses.

  8. 10 Lipedal sábado, 28/04/2007 às 1:24 am

    Acabei o Gold sem saber disso e nem saber o que eram efforts. Também acho que os jogos perderam a linha depois dessa série, com altas complicações RPGísticas hardcore, sem contar os bichos, que de animaizinhos fofos criativos e diferentes um do outro passaram pra aves malignas com asas de metal, chifres de metralhadora e outros afins Digimon-like. Não gostei mesmo😦

  9. 11 Fabio Bracht sábado, 28/04/2007 às 12:03 pm

    No Gold nem tinha Effort, Lipe. Isso começou no Ruby/Sapphire.

    E se não tivessem adicionado essas “complicações” todo mundo ia reclamar que a série não evoluiu, que parou no tempo etc.

    Quanto à criatividade na criação dos monstrinhos, com certeza a pior geração foi mesmo a Ruby/Sapphire. Os Pokémons novos desses jogos com certeza eram super feios e nem um pouco carismáticos. Mas isso melhorou um tanto nessa geração Diamond/Pearl, pelos que eu já pude ver.

    Vai sair um super-mega-kickass-motherfucker pôster numa Nintendo World especial (como nos velhos tempos… *suspiro sorridente saudosista*), aí tu dá uma olhada nas novas criaturinhas.🙂

  10. 12 Fabio Bracht sábado, 28/04/2007 às 12:03 pm

    Ah, o pôster vai sair… em breve.

  11. 13 Lipedal sábado, 28/04/2007 às 1:06 pm

    Falando em Nintendo World, acho que perdi a tal 104 com detonado de FF VI. Tô indo na banca desde que tu falou dela e nunca achei. Ou nem saiu ainda?

    E olha aquele bicho da esquerda na primeira foto. Se aquilo não é um Digimon eu não me chamo Alberto. Mascaradomon? Ninjaspikeomon? Slycoopermon?

  12. 14 Lucas Patricio terça-feira, 01/05/2007 às 12:15 am

    EU PRECISO DE DINHEIRO!!! Cara, eu to APAVORADO atras do Diamond/Pearl >.

  13. 15 Lucas Comitre Martinez quarta-feira, 02/05/2007 às 9:48 pm

    YEAH! Volta triunfal do comment quilometrico! Busque a pipoca e tenha (muita) pacincia.😄

    Desculpe comentar aqui, mas não tinha onde comentar…

    Bom, li hoje o seu detonado do FFVI e me sinto na obrigação de comentá-lo Fabio.

    – “Save Moogle, save the World”… Foi impressão minha ou isso foi Heroes? [imginação: Moogle de peruca loira vestida de lider de torcida…]
    Moogle virou cheerleader?!😄

    -Na minha opinião existem dois tipos de detonados, aqueles que te dá uma força no jogo te dando dicas e contando segredos que te ajudam no decorrer do jogo, e aqueles que são praticamente um livro, contam a história do jogo, se envolvem, cheio de spoilers, acabam com a graça do jogo.
    [Tá, eu exagerei, até que de vez em quando é divertdo ler esses detonados/guias pra descontrair e relaxar.]
    Mas o que eu não me conformo é com aqueles detonados indecisos, nem um nem outro, ‘quase’, 23, iogurte!! [Vou parando de xingar porque senão esse comment vai longe…continuemos>>]

    -Elogios
    Eu não lembro te ter lido outro detonado seu (se li não sabia que era seu), mas eu gostei muito do seu detonado começando pela sua explicação pequeno box ‘Explore!’. Finalmente uma estratégia que AVISA o que está por vir. Um detonado com o fundamental: o básico para prosseguir não deixando passar nenhum segredo e SEM spoilers!!
    Tudo organizado, objetivo e bem fluido…

    -Agora, as críticas
    … até o World of Ruin.
    Acabo o espaço é? Sério, depois de terminar de ler o detonado (usando as palavras de minha sábia professora:) “me sinto uma pessoa que começou a transar e não consigo gozar!!”!
    Cada partezinha parece que foi comprimida ao máximo e as vezes resumidas a pequenas ordens do que fazer a seguir. Tantas side-quests, tanto vazio… (tá, não consigo me expressar, mas acho que você entendeu).
    A dungeon final foi a que mais me assustou, eu não lembro dela ser tão pequena. Não tinha váários chefes ao longo da mesma? Cadê as informações dos chefes? Acho que a torre sádico-bizarra de Kefka embalada por Dancing Mad merecia mais algumas linhas…

    Enfim, acho que estou exagerando demais, afinal sou um mero mortal opinando num detonado da NW.
    Sério, te admiro pra caramba, o bastante pra te dizer sinceramente o que achei do detonado. A estratégia ficou ótima, agora no fim do comment acho que exagerei um pouco, mas você tem que concordar comigo que faltou um ‘orgasmo’ lá no final, vai.
    Esperava um detonado em duas partes, com uma página para side-quests e um tabelão dos Espers. ( to indo longo demais, eu sei)

    -depois dessa chacina duvidoque você vá responde, mas…
    Agora uma curiosidade, o que você achou da quest adicional?

    P.S.:Não me leve a mal, sou sincero com todos e com tudo que faço, não vou ser diferente com você.
    E mesmo se você me chingar eu vou continuar lendo seu blog. Não vai se livrar de mim tão fácil ^^.

    P.S.2: Faria o favor de esquecer o trocadilho do ‘orgasmo’? Que puta trocadilho cretino… o que eu tinha na cabeça?

  14. 16 Lucas Comitre Martinez quarta-feira, 02/05/2007 às 9:52 pm

    AH!!

    Essa professora não o que você está pensando viu!!
    É só uma professora de história locona =S.

    Não pense besteira =[

    Abraço ^^

  15. 17 Fabio Bracht quinta-feira, 03/05/2007 às 1:39 pm

    Eu adoro os comentários do Lucas. Vocês não?😀

    Bom, esse é um comentário que merece ser propriamente respondido, então vamos lá. O detonado do Final Fantasy VI foi um dos que eu mais gostei de fazer, de ter feito, mas foi, de longe, o que eu menos gostei do resultado final. Não é culpa de ninguém. Nem minha, nem do editor da revista, nem do dono da Futuro, nem do Papa Bento XVI. Foi culpa simplesmente de algo que atormenta todo e qualquer editor/colaborador/redator de qualquer revista ou veículo impresso: o tamanho-limite.

    Não sei se eu posso dar esses detalhezinhos aqui, mas acho que não tem problema. O detonado me foi encomendado com o tamanho de 24.000 caracteres. Até eu chegar na metade do jogo, o texto estava bem mais cheio de detalhes, ensinando a pegar uns baús menos óbvios, dando mais avisos sobre o que viria a seguir etc. Mas aí eu vi que o texto já estava com 20.000. E eu estava na METADE do jogo. Foi aí que eu me descabelei, fui pedir mais espaço, fui implorar pra ter uns 30.000 caraceteres no mínimo. Mas não tinha como. Eu pedi só por “descargo de consciência”, já que eu também sabia que não teria como. Inclusive sugeri que fosse feito em duas edições, cada uma com 20.000 caracteres. Mas você ia gostar se tivesse que esperar dois meses pela segunda parte de uma estratégia? Com a revista bimestral, não é mais uma opção fazer detonados em múltiplas partes. Então não teve jeito, o máximo que conseguimos fazer caber foi 26.000 caracteres, e eu tive que me virar pra fazer o texto com essa limitação, cortando muitas coisas do texto que já tinha feito e passando a escrever bem mais objetivamente a partir daí.

    Quanto à última parte, eu concordo que deveria ter uma explicação super detalhada de todos os caminhos dos três grupos na Kefka Tower, além de fichinhas para cada chefe. Claro que deveria. Mas não tinha espaço. Então eu tive que reduzir tudo a uma questão de nível (“a dica aqui é simplesmente essa: esteja em um nível muito alto”), o que na verdade não é mentira. Se você seguir essa dica do nível, treinar muito antes subir a torre, vai conseguir passar por ela numa boa. Afinal, com detonado ou sem, você já esnfrentou o jogo inteiro! Fora que o leitor vai até ficar com uma sensação de sucesso maior quando conseguir terminar o jogo, visto que a estratégia não deu tudo de bandeja para ele nos últimos chefes.

    Ah, e tem mais: não teria mesmo como detalhar todas as estratégias para derrotar todos os chefes da torre, porque tudo dependeria da divisão dos três grupos que a pessoa faria. A não ser que eu desse de bandeja quais grupos a pessoa deveria fazer (algo que eu não queria de jeito nenhum), não teria como ensinar passo a passo como detonar os chefes. No máximo apontar as fraquezas.

    Óbvio que não era a minha intenção fazer desse jeito, mas foi o jeito que deu pra fazer. Como eu disse, não foi culpa de ninguém (não vão sair trucidando o Testa nos fóruns por aí, pessoal! :P), foi simplesmente um problema de falta de espaço e de prioridades do texto. Eu preferi detalhar um pouco mais no início e meio do jogo, quando a pessoa ainda tá aprendendo as “manhas”, e deixar meio que ela se virar sozinha no final.

  16. 18 Lucas Comitre Martinez sexta-feira, 04/05/2007 às 7:18 pm

    ‘Depois do Detonado’ – Parte 3

    Olhando de novo o detonado agora percebo o que você quis dizer. Ao longo da estratégia da pra perceber uma mudança (ou evolução) no estilo do detonado. No final meio que fala: “olha, te ajudei até aqui, mas eu NÃO vou te contar o final e NEM te ajudar na ultima parte; eu te ensinei a jogar FF até agora e você VAI conseguir jovem padawan”

    Tá bom, vamos ser realistas, quem vai enchergar isso? (Ninguém é louco que nem você e FALA com a REVISTA Lucas…¬¬’)
    Ok, exagerei bastante, mas o que eu estou querendo dizer é que só uma parte das pessoas irão perceber isso (pensam que é um descaso por parte da revista ou do ‘detonador), eu por exemplo nunca ia saber que era esse o objetivo por tras daquele final se ocê não tivesse me falado. Uma pessoa que nunca jogou o jogo e seguir o detonado vai capturar a essência da estratégia e se sentir muito feliz ao terminar o jogo, mas se você pegar um viciado em FFVI, que sabe de tudo do jogo, tipo eu, só que BEEEM mais xarope, vai fazer um estardalhaço (essas pessoas são poucas mas são perigosas) que vai acabar cutucando a NW, que vai direto pra você em dobro. E você NÃO pode sair da NW e virar um jornalista de games frustado errante!! Mentira, contando que continue postando no 16-BIT tá tudo beleza!! hehehehe

    Um exemplo disso é o polêmico ‘detonado’ de Twilight Princess, mas depois veio a revista-poster-mega-especial-fodástica-plus-mor e literalmente calo a boca de todo mundo!

    E é aí que eu estou querendo chegar, se fosse FF7 (numa virada esplêndida do destino) lançado pro DS iria ser O puta de um estardalhaço. Mas fazer o que, Zelda ou FF7 seguravam uma revista SÓ sobre eles mesmos durante um ano ou mais. Imagina FF6 coitado, se Zelda com suas 5 edições no primeiro ano de NW já deu o que falar, imagina POKÉMON então.
    A menos que nós leitores nos mobilizemos e exijamos uma continuação da estratégia com tudo que FF6 merece, aí sim detonaria! (tinha que ter trocailho cretino né^^). Chega de viajar!!

    Meu blog tá quase terminado. Já vou parando de te encher o saco e praticamente criando post nos comments.

    e agora, os P.S.s (rs):
    P.S.: Puta leitor chato eu sou né! Mas foi mais forte do que eu. Sabe como é né, FF6. Prometo que não faço isso no próximo detonado.
    Só não se meta a fazer um detonado de Chrono Trigger se não vai ser beem pior! ^^

    P.S.2:
    “A menos que nós leitores nos mobilizemos e exijamos..”
    EXIJAMOS!!??
    Que diabos é isso!!??
    As vezes eu ODEIO a Língua Portuguesa.
    MORTE a palavras escrotas e exessões de exessões da Língua Portuguesa!

    P.S.3:

    AINDA BEM que cometário não tem limite de caracteres, se não você ia ser contemplado com várias pequenas partes de um mesmo cometário!😄

    Vou indo e não volto mais nesse post (pretendo).
    É sério.😄
    T´+

  17. 19 Lucas Comitre Martinez sexta-feira, 04/05/2007 às 7:42 pm

    Affe. Enxergar com o ‘ch’ foi cruel.

    e…
    Uahahahahahaha. – risada maligna-
    Achei um contador de caracteres e olha só, tem tudo 9000 caracteres. Mais um pouco fica perto de um meio detonado da NW.😄
    Dá pra fazer uma mini novel com isso.

    Olha o que é a preguiça de fazer as coisas…
    Tenho que estudar. Adeus!
    =P

  18. 20 Fabio Bracht terça-feira, 08/05/2007 às 12:27 pm

    É, definitivamente eu adoro os comentários do Lucas.🙂

  19. 21 JP Nogueira quarta-feira, 09/05/2007 às 3:25 pm

    Ok, só pra voltar aos comentários de Pokémon… o esquema de Effort sempre existiu, desde a Blue. Na geração Ruby/Sapphire eles modificaram o esquema, que ficou mais especializado. Por isso tantos jogadores sentiram a diferença🙂

  20. 22 Bicho do Mato quinta-feira, 10/05/2007 às 10:42 am

    -Gosto dos comentários do Lucas
    -Gosto do trabalho do Fabio
    -Não gosto de detonados
    -Gosto de spoiller

    Aproveitando a abordagem indireta sobre o tamanho dos detonados impressos, suas limitações e conseqüências:

    -Ajudei a manter um fórum onde eram publicados detonados da SDP
    -Passei a comprar a SDP para ter acesso aos detonados legalmente e qdo bem entendesse
    -Vi a evolução na escrita dos detonados com uma opinião própria do autor. “Um susto como aquele eu dificilmente vou ter “novamente[…]”Detonado Silent Hill na SDP”.
    -Enviei um e-mail elogiando o autor
    -Recebi resposta e percebi que os caras que escrevem são gente com agente.
    -Assinei a revista conheci o site da herói e posteriormente os blogs
    -Hoje tow aqui postando.

    Esses tópicos todos simplesmente para tecer que não adianta fazer um preview, review ou detonado robótico, inclusive na next-gen. Temos até as demos dos jogos a um alcance mínimo e a tendência é cada vez mais gamers usarem essa ferramenta. Essa restrição de caracteres pode levar ao corte de substantivos e adjetivos que caracterizam o autor e a revista, trazem algo de inovador ao texto. Das revistas não leio nem 50% de todo o conteúdo, só compro mesmo para manter a circulação e serve como forma de agradecimento aos bons trabalhos.

  21. 23 jk sexta-feira, 11/05/2007 às 6:55 pm

    onde vc conseguiu essa informaçao da revista poster de diamond/pearl?
    vai sai todos os pokemons nesse poster ou só os da quarta geraçao?

  22. 24 Fabio Bracht sexta-feira, 11/05/2007 às 7:12 pm

    Consegui porque trabalho com eles, jk.

    Se vai sair todos os ou só os da nova geração eu não reparei, mesmo já tendo visto algumas partes do pôster. Mas acredito que seja de todos os 493.

  23. 25 Bicho do Mato segunda-feira, 14/05/2007 às 3:57 pm

    O blog né meu, mas como foi os inumeros post daqui que me fez desenrolar e comprar vim dar a noticia aqui tbm.
    Comprei 1 DS, é branco, e é muito bom.
    Tow jogando Mario kart e outro de Wario, pena q facul e trabalho não me deixam jogar tranquilamente, e a net daqui do trampo apesar de ter conexão wi-fi têm bloqueios os quais ainda não consegui burlar, mas tow felix.

  24. 26 Lucas Patricio segunda-feira, 14/05/2007 às 11:44 pm

    Morreu Fábio??
    To na espera do meu Pokemon tambem…ai que ansiedade >.

  25. 27 rafarel sábado, 04/08/2007 às 1:37 pm

    como consigo um laifeon no jogo pokemon pearl


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




Fabio Bracht's Facebook profile

Meus Outros Blogs

Add to Technorati Favorites



Browse Happy logo


%d blogueiros gostam disto: